fbpx
aprenda a rastrear

Então, você quer rastrear mensagens de WhatsApp de outras pessoas? Aqui está uma maneira para fazer isso facilmente!

Você pode suspeitar que o seu parceiro esteja a traindo com a ex dele. Seu filho pode ter começado a se comportar de forma distante de repente e você acha que ele pode estar com problemas na escola. Nesses e em outros casos, uma das formas que você pode utilizar para ter respostas mais sólidas é rastrear mensagens do WhatsApp deles.

[quads id=”3″]

Neste artigo, nós explicaremos como exatamente o rastreamento de Whatsapp funciona e o que você pode fazer com algums ferramentas bastante simples que estão à sua disposição. Se você tiver qualquer dúvida específica ou preocupação, dê uma lida na nossa Seção de Perguntas e Respostas ou deixe a sua dúvidas nos comentários abaixo.

O WhatsApp não pode ser hackeado. – Não acredite nos vídeos do Youtube

Se você fizer uma simples pesquisa no Google ou no Youtube, você encontrará centenas de pessoas dizendo que podem ajudá-la a hackear qualquer conta de WhatsApp. Mais ainda, essas pessoas afirmam ter métodos extremamente fáceis e que efetivamente funcionam, sem problemas.

Nós estamos aqui para dizer que você não deve acreditar em quase nenhum desses sites. O único método que realmente funciona já foi demonstrado no nosso artigo.

Alguns vídeos populares do YouTube mostram esse método detalhadamente, embora eles possam apresentá-lo de uma forma um pouco diferente. Isso não é realmente hackear, você está apenas utilizando um macete para ler as mensagens.

Alguns dos métodos mais populares, na verdade, não funcionam:

  • Mudar o seu endereço MAC.
  • Utilizar um site para acessar o celular de outra pessoa e, a partir daí, recuperar as mensagens do WhatsApp dela.
  • Acessar o iCloud de outra pessoa de forma que você possa ler as mensagens de WhatsApp enviadas por iPhone.
  • Utilizar um aplicativo espião sem ter um celular com jailbreak ou root.

Aplicativos como o mSpy e o FlexiSpy podem funcionar, mas apenas se circunstâncias muito específicas forem atendidas. Para mais sobre esse assunto,confira esta seção.

A razão pela qual essas coisas não funcionam é bastante simples. Em 2014, o WhatsApp firmou parceira com o Open Whisper Systems, a fim de tornar o aplicativo de troca de mensagens muito mais seguro, utilizando uma tecnologia chamada de criptografia de ponto a ponto. Essa técnica basicamente bloqueia mensagens enviadas e recebidas para apenas você e o recebedor da mensagem possam vê-la.

[quads id=”3″]

Não se engane: qualquer pessoa que afirma que consegue hackear mensagens de WhatsApp quer alguma coisa de você.

Existe muita informação na internet sobre rastrear mensagens do WhatsApp, incluindo uma variedade de aplicativos e de métodos que afirmam ser capazes de hackear o serviço de mensagens.

Existem apenas três razões principais pelas quais a maioria desses apps e desses métodos ainda estão disponíveis na Internet:

  • Eles são antigos, o que significa que talvez tenham funcionado em algum momento, mas já não funcionam mais.
  • Eles forçam para que você entre com seu e-mail e, a partir daí, enviam uma série spams com informações irrelevantes.
  • Eles são feitos para que você pague por eles, mas não entregam o que prometem.

Com tudo isso exposto, existe um método, diretamente ligado ao WhatsApp, que funciona, como veremos abaixo.

TOME CIÊNCIA DA LEGISLAÇÃO VIGENTE ACERCA DE RASTREAMENTO SECRETO

Sempre considere a legislação em vigos no seu país ou no seu estado, antes de pensar em espionar uma pessoa sem que ela saiba (a menos, claro, se for o seu filho menor de idade). Faça isso sob a sua própria responsabilidade e risco.

Explorar o WhatsApp Web é a única maneira real de se ler mensagens de outras pessoas

Ainda que o WhatsApp em si não possa ser hackeado, isso não significa que você não possa ler mensagens de outras pessoas. Na verdade, você pode explorar o WhatsApp Web para isso!

Como alguns de vocês já devem saber, o WhatsApp pode ser utilizado em celulares, laptops, PC e outros dispositivos similares. A razão disso é exatamente o WhatsApp Web, que foi feito para facilitar o seu acompanhamento das mensagens, independentemente do dispositivo que você está utilizando em um determinado momento.

Com um pouco de trabalho, o WhatsApp Web pode ser explorado para satisfazer as suas necessidades. Para isso, você precisará ter acesso físico ao aparelho da pessoa quem você deseja espionar. Se o celular da pessoa estiver protegido com uma senha de qualquer tipo, você também precisará conhecer essa senha.

A forma como esse método funciona é bem simples. O WhatsApp Web requer que você escaneie um código QR mostrado na página a partir do seu aplicativo.

Existem três maneiras principais de se completar esse processo e nós veremos uma a uma em detalhes:

  • Ler as mensagens da pessoa no seu computador.
  • Ler as mensagens da pessoa no seu celular.
  • Ler as mensagens da pessoa por outro aplicativo.

Atenção: Na versão do Android 7.1.2 e do iOS 10, que são as últimas versões lançadas pelas respectivas empresas, o WhatsApp Web ativa uma notificação que fica à vista no telefone do dono da conta ao qual o WhatsApp está ligado. Veja um exemplo abaixo.

Mensagem do WhatsApp que indica que a conta está ativa no WhatsApp Web
Mensagem do WhatsApp que indica que a conta está ativa no WhatsApp Web

Como ler as mensagens de WhatsApp de outra pessoa no SEU computador

O primeiro modo para utilizar este método é por meio da finalidade pela qual o próprio WhatsApp foi criado. No seu computador, acesse https://web.whatsap.com.

Uma vez no site, você deve conseguir visualizar um código QR, como o mostrado na imagem acima. Essa página também possui informações para as plataformas Android, iOS e Windows Phone.

  1. Abra o WhatsApp no telefone da pessoa.
  2. Acesse Menu/Configurações.
  3. Selecione a opção WhatsApp Web.
  4. Faça a leitura do código QR com a câmera do seu celular.

Quando o aplicativo escanear o código, o WhatsApp conectará automaticamente. Assim, você será capaz de ler as mensagens da outra pessoa como se elas estivessem em sua conta!

Mensagens do WhatsApp no computador
Mensagens do WhatsApp no computador

Como ler as mensagens de WhatsApp de outra pessoa no SEU celular

Esse método é mais ou menos igual ao listado acima. A diferença é que você pode utilizar o seu celular, em vez do computador. Isso é muito útil se você estiver fora de casa e não tiver acesso a um laptop ou PC.

  1. Abra o Google Chrome no seu celular. Caso não tenha, baixe e instale esse aplicativo.
  2. Acesse a página https://web.whatsapp.com.
  3. Abra o menu Configurações no canto superior direito.
  4. Marque a caixa WhatsApp Web.

Agora, você será capaz de ver um código QR exatamente como veria se estivesse em um computador. Siga os mesmos passos acima para ler as mensagens.

Como utilizar um outro aplicativo para ler as mensagens de WhatsApp de outra pessoa

Se você não quiser seguir esses passos sozinho, algumas pessoas criaram aplicativos para fazer o trabalho por você.

Todos esses aplicativos operam da mesma maneira. Em vez de fazer com que você execute o passo a passo, eles abrem a versão WhatsApp Web, mostram o código QR e você escaneia com o aparelho da pessoa de quem quer ver as mensagens.

Todos esses aplicativos compartilham características similares:

  • Fácil utilização.
  • Pouca chance de ser pego, a menos que a outra pessoa veja o que você está fazendo.
  • Grátis, mas cheio de anúncios e propagandas.
  • Podem ser configurados em 5 minutos, ou menos.

Alguns exemplos desses aplicativos:

Agora que nós falamos desse método simples (e, tomara, tenhamos mostrado a você uma forma de ler as mensagens do WhatsApp de outra pessoa), é hora de falar de alguns outros tópicos.

Eu não tenho acesso ao celular da pessoa que quero espionar. Ainda assim, é possível rastrear mensagens do WhatsApp dela?

A resposta definitiva para essa pergunta é não. A menos que você tenha acesso ao aparelho, você não será capaz de espionar as mensagens de WhatsApp de outra pessoa. Todos os métodos que demonstramos aqui necessitam de acesso físico ao celular!

Um caminho criativo para ler mensagens: espione o celular todo

Até aqui, nós dissemos que o WhatsApp em si não pode ser facilmente hackeado porque as mensagens desse aplicativo são criptografadas. Para os usuários de dia a dia, isso significa que existem alguns pouquíssimos modos de contornar essa proteção.

Uma coisa que você pode tentar é espionar o celular todo. No entanto, esse método só funciona se o aparelho em questão tiver sofrido o processo de jailbreak, em iPhones, ou root, em dispositivos Android. Se você, por acaso, for uma pessoa com grandes conhecimentos em tecnologia para saber o que esses termos significam e estiver disposto a pagar por um aplicativo espião, aqui estão as suas opções:

Instale um aplicativo espião para ler as mensagens de outra pessoa

Existem dois aplicativos principais que você deve considerar instalar: o mSpy e o FlexiSpy. Veja um resumo sobre as funcionalidades e requisitos de cada um deles.

 mSpyFlexiSpy
Funciona com root/jailbreak?NãoNão
É possível visualizar textos, fotos e videos do WhatsApp?SimSim
É possível visualizar os registros do WhatsApp em um painel de controle? SimSim
É possível ser descoberto acidentalmente?Sim (apenas no iPhone)Não
PreçoUS$ 69.99 / mês
ou US$ 199.99 / ano*
US$ 68,00 /mês ou
US$ 149,00 /ano

*As assinaturas se renovam automaticamente se forem pagas via cartão de crédito ou PayPal

Como pode ver, a única real diferença é que o mSpy é mais fácil de ser detectado do que o FlexiSpy. Isso ocorre porque, no iPhone, o mSpy aparece nas Configurações, enquanto o FlexiSpy não. Mesmo assim, ambos os aplicativos são muito bons e nós falaremos aqui de cada um individualmente.

mSpy – A melhor opção para monitoramento simples, com um painel de controle moderno

Em dispositivos Android e iPhone, com root e jailbreak, respectivamente, monitorar mensagens de WhatsApp via mSpy é o mesmo:

  • Nível de dificuldade: Alto (requer jailbreak/root).
  • Chance de ser pego: Baixa (mas mais alta no iPhone).
  • Preço: $69.99/mês ou $199.99/ano (Requer assinatura premium/ ambos os valores se renovam automaticamente).
  • Tempo necessário: Aproximadamente 1 hora para o processo de root ou de jailbreak e 20 minutos para configurar o mSpy.

Aqui está o que você precisa saber antes de instalar o mSpy

Antes de proceder, você precisa se certificar de que o aparelho em questão sofreu o processo de jailbreak, se for um iPhone, ou de root, se for um Android. Para mais informações sobre esses procedimentos, leia o nosso guia aqui (link para o artigo jailbreak/root).

Se você não quiser fazer isso por conta própria porque parece ser muito técnico e difícil, você pode pagar para que o mSpy faça isso por você. Vá ao site do mSpy e converse pelo chat em tempo real com suporte ao cliente deles, que a redirecionará ao serviço Assistente M, que permitirá que eles façam o jailbreak ou root no aparelho em questão.

Tenha em mente que, para utilizar esse serviço, você precisará que apralho esteja em suas mãos e ter acesso a um computador, já que será necessário conectar o aparelho ao computador para que eles possam realizar o procedimento.

Se você ainda estiver interessado, deve ficar sabendo que esse serviço adicional custará $ 43,99.

  1. O próximo passo é ir ao site do mSpy e comprar o pacote Premium. Certifique-se de colocar um e-mail válido, pois você precisará dele no próximo passo.
  2. O mSpy irá enviar um e-mail que contém informações para que você acesse o Painel de Controle. Esse painel é onde você encontrará os registros do WhatsApp mais tarde e onde encontrará o aplicativo, neste momento.
  3. Acesse o link recebido pelo e-mail, faça o login com suas credenciais e siga o Assistente de Configuração

Agora, leia abaixo coo você pode instalar o aplicativo no iPhone e no Android.

Essa é a maneira como você deve instalar o mSpy em um iPhone que já tenha sofrido o jailbreak

  1. Abra o aplicativo Cydia.
  2. Vá para a aba Gerenciar
  3. Clique em Fontes.
  4. Clique em Editar e, depois, em Adicionar.
  5. Insira http://repo.mspyonline.com como sua fonte.
  6. Clique em Retornar para Cydia.
  7. Selecione Repositório Mtechnology LTD.
  8. Selecione iPhoneInternalService e o instale.
  9. Clique em Reiniciar Spring Board.
  10. Abra o aplicativo que você acabou de instalar e insira o código de registro que recebeu do mSpy.
  11. Seu iPhone irá reiniciar e o aplicativo irá desaparecer.
  12. Vá ao Painel de Controle mSpy novamente e confirme que o celular está aparecendo ali.

Se tudo isso soa muito confuso, assista ao vídeo do mSpy:

Essa é a maneira como você deve instalar o mSpy em um dispositivo Android que já tenha sofrido o root

  1. Abra o menu Configurações.
  2. Vá para Menu de Segurança.
  3. Ative a opção Fontes Desconhecidas e confirme.
  4. Acesse o Painel de Controle mSpy, siga os passos e faça o download do aplicativo.
  5. Instale o aqruivo que você baixou.
  6. Inicie o aplicativo e clique em Ativar.
  7. Confirme a permissão de root
  8. Escolha se você quer ou não esconder o ícone.
  9. Insira o código de registro.
  10. Volte ao Painel de Controle mSpy e confirme que o celular aprece ali.

O mSpy também tem um vídeo tutorial para instalação em dispositivos Android:

Veja todas as conversas do celular desejado no Painel de Controle mSpy
Veja todas as conversas do celular desejado no Painel de Controle mSpy

Atenção: No vídeo, o mSpy diz para ir ao site http://kypler.com, que já não está mais em funcionamento. Em vez disso, você verá um link com o endereço atual em funcionamento no Painel de Controle mSpy, como dito anteriormente.

[quads id=”3″]

FlexiSpy – Monitoramento indetectável para iPhone e Android

A maior vantagem que o FlexiSpy tem sobre o mSpy, em iPhones, é que ele é praticamente indetectável. Aqui está tudo que você precisa saber:

  • Nível de dificuldade: Alto (Requer jailbreak/root).
  • Chance de ser pego: Baixa.
  • Preço: $68/mês ou $199/ano (Requer assinatura Premium/ não renova automaticamente).
  • Tempo necessário: aproximadamente 1 hora para o root ou jailbreak e 20 minutos para configurar o FlexiSpy.

O que você precisa fazer antes de instalar o FlexiSpy

Como dissemos antes, você precisa de um iPhone com jailbreak ou um dispositivo Android com root para ler mensagens de WhatsApp de outra pessoa com o FlexiSpy. Caso não tenha lido sobre isso antes, dê uma olhada no nosso guia sobre jailbreak e root (link aqui).

Assim como o mSpy, o FlexiSpy também oferece assistência remota para realizar o jailbreak ou root no celular desejado. O preço do serviço do FlexiSpy é de $39,99 e você pode fazer isso acessando a página de Instalação Remota e clicando no botão “Compre Já”.

Lembre-se de que você precisará de acesso físico ao celular e a um computador ao mesmo tempo.

  1. Agora que você está ciente dos requisitos, você pode acessar o site FlexiSpy e clicar no botão Comprar Já para edetuar a aquisição do pacote Premium. Você irá precisar de um -email válido também.
  2. Após completar a compra, você deve receber dois e-mails do FlexiSpy. Um cm a confirmação da sua compra e outro com as credenciais e um link para o painel de controle, o Portal FlexiSpy.
  3. Vá ao portal, entre com as suas informações e você encontrará o Assistente de Instalação.

Se você deseja mais ajuda, veja o guia passo a passo abaixo.

Essa é a maneira como você deve instalar o FlexiSpy em um iPhone que já tenha sofrido o jailbreak

  1. Depois de entrar no Portal, selecione iPhone como dispositivo desejado.
  2. Escolha a opção Meu dispositivo já tem jailbreak e clique em “Próximo”.
  3. Pegue o celular a ser monitorado e abra o aplicativo Cydia.
  4. Vá para a aba Gerenciar.
  5. Clique em Fontes.
  6. Clique em Editar e, depois, em Adicionar.
  7. Insira http://ios.mflx.biz como fonte e clique em “Adicionar Fonte”.
  8. Clique em Retornar para Cydia.
  9. Selecione o repositório ios.mflx.biz.
  10. Clique em Sistema Central e instale o aplicativo.
  11. Clique em Reiniciar Springboard.
  12. Abra aplicativo Sistema Central e entre com o código de registro.
  13. Escolha se você quer ficar visível ou não.
  14. Vá ao Portal mais uma vez. Você deve conseguir visualizar o iPhone lá, seguido dos registros de atividades.
  15. Para iniciar o aplicativo no iPhone novamente, abra o telefone, como se fosse fazer uma chamada, e disque# seguido do seu código de registro.

Para a sua melhor conveniência, você também pode assistir a um vídeo de instalação no YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=-BYY4bedeQw

Essa é a maneira como você deve instalar o FlexiSpy em um dispositivo Android que já tenha sofrido o root

  1. Após acessar o Portal, selecione Android como o seu dispositivo desejado e clique em “Próximo”.
  2. O FlexiSpy dará um link único para o download do aplicativo no dispositivo Android desejado. Não clique nele agora, apenas anote o link.
  3. Pegue o celular e abra Configurações.
  4. Vá até Menu de Segurança.
  5. Ative a configuração que diz Ativar Fontes Desconhecidas e clique em OK.
  6. Agora, abra o Chrome no mesmo celular.
  7. Insira o link que recebeu. Um download deve ser iniciado automaticamente. Se não, apenas clique no link do download novamente.
  8. Quando o download do arquivo for terminado, clique nele e faça a instalação.
  9. O FlexiSpy se camufla como “SystemUpdate”. Encontre esse aplicativo e o abra.
  10. Você será perguntado se quer dar a permissão de root. Diga que sim.
  11. Escolha executá-lo no modo completo. Lembre-se de que isso reinicará o celular.
  12. Quando o celular for reiniciado, abra o aplicativo novamente. Será necessário entrar com o código de ativação da licença, que deve ser recebido por e-mail da FlexiSpy.
  13. Será perguntado se você quer manter o aplicativo visível. Eu chutaria que você não quer, certo? Então, escolha Não.
  14. Você pode retornar ao Portal FlexiSpy, onde deverá ver os registros do celular monitorado em breve.

Se você quer assistir um vídeo sobre o processo de instalação, em vez de ler, nós também pensamos nisso para você:
https://www.youtube.com/watch?v=O5RIev2FOno

O painel de controle do FlexiSpy faz com que seja fácil ler as mensagens do WhatsApp
O painel de controle do FlexiSpy faz com que seja fácil ler as mensagens do WhatsApp

Seção de Perguntas e Respostas

Já que muitos de vocês provavelmente têm muitas outras dúvidas, nós dedicamos uma seção inteira às perguntas mais comuns baseadas em nossas pesquisas.

Lembre-se: se você quer perguntar qualquer outra coisa, deixe um comentário abaixo e nós responderemos para você! De fato, se as sua pergunta for boa, você pode até aparecer no nosso site!

É verdade que não existe um aplicativo capaz de hackear o WhatsApp?

Sim, é verdade. Ainda que um hacker com acesso ao telefone desejado será capaz de fazer o que quiser com ele, incluindo remover a criptografia dos backups e ter acesso a todas as mensagens do WhatsApp naquele celular, não existe um aplicativo capaz de fazer o mesmo.

Como demonstramos acima, os aplicativos que prometem coisas desse tipo não são confiáveis, ou simplesmente utilizam um método que você pode realizar sozinho.

Meu ex hackeou meu WhatsApp há alguns anos atrás. Como?
Esse é um tópico que sempre aparece. Ainda que acreditamos que essa questão já tenha sido respondida na primeira seção, explicaremos novamente.

Há alguns anos atrás, o WhatsApp era apenas um serviço básico de troca de mensagens. Ele quase não possuía proteções, o que significa que espionar mensagens era muito mais fácil.

Agora, o WhatsApp melhorou muito a sua segurança. Ele reconhece quando você tenta acessá-lo de um outro celular. Automaticamente, ele criptografa tas mensagens de forma que ninguém mais possa vê-las. Ele faz de tudo para garantir que as suas mensagens fiquem seguras e privadas.

Por que o método de backup da nuvem não funciona mais?
Se você não é novo em espionagem de WhatsApp, você deve se lembrar de que um modo de ter acesso às mensagens de WhatsApp era acessar o backup delas, fornecido pelo WhatsApp.

O motivo pelo qual esse método funcionava é porque o WhatsApp não utilizava, na época, criptografia nesses backups. Assim, se você pudesse entrar no iCloud ou no Google Drive de uma pessoa, teoricamente você poderia acessar as mensagens dela também.

No entanto, o WhatsApp recentemente decidiu criptografar automaticamente todos os backups, locais e na nuvem. Assim, isso não é mais um método válido.

Como eu posso proteger o meu WhatsApp?
Já que qualquer pessoa que queira espionar o WhatsApp precisa ter acesso ao aparelho físico, a melhor forma de se proteger é mantê-lo seguro.

Coloque uma senha forte e habilite a verificação em dois passos do WhatsApp.

Para fazer isso, acesse Configurações > Conta > Verificação em dois passos e ative-a. Desse modo, qualquer processo irá requerer que você verifique o seu número e também que entre com uma senha de 6 dígitos (que você irá configurar nesse passo).

Como eu sei se alguém está lendo as minhas mensagens do WhatsApp?
Se você suspeita que alguém está espionandoo seu WhatsApp, você deve saber que é provável que a pessoa tenha utilizado o método do código QR que explicamos aqui.

O jeito mais fácil de verificar isso é ver se você está atualmente logado no WhatsApp Web. Se você estiver logado, sem ter feito o processo para isso, você saberá que está sendo rastreado.

Para checar isso, abra o WhatsApp, vá ao menu, selecione a opção WhatsApp Web. Se você estiver atualmente logado, na sua tela aparecerá uma mensagem parecida com a abaixo.

Para desconectar o espião, escolha encerrar seção em todos os computadores. Depois, pense em quem utilizou o seu celular sem ser você. E, se você não tiver nenhum tipo de senha no seu celular, como um PIN, considere colocar uma imediatamente.

Adicione um comentário